Uivos, latidos & Fúria - Jarbas Capusso Filho
     
BRASIL, Homem
Outro - jarbascapusso@uol.com.br
Histórico
15/08/2010 a 21/08/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
18/07/2010 a 24/07/2010
11/07/2010 a 17/07/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
30/05/2010 a 05/06/2010
16/05/2010 a 22/05/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
18/04/2010 a 24/04/2010
11/04/2010 a 17/04/2010
04/04/2010 a 10/04/2010
28/03/2010 a 03/04/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
28/02/2010 a 06/03/2010
21/02/2010 a 27/02/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
31/01/2010 a 06/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
17/01/2010 a 23/01/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
03/01/2010 a 09/01/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
20/12/2009 a 26/12/2009
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
29/11/2009 a 05/12/2009
22/11/2009 a 28/11/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
25/10/2009 a 31/10/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
04/10/2009 a 10/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
30/08/2009 a 05/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
09/08/2009 a 15/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
12/04/2009 a 18/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
Outros sites
Ademir Assunção
Andre dahmer
Adriana Brunstein
Angeli
Bactéria
Batata
Boteco do Ribeiro
Claudio Barros
Carcarah
Claudinei Vieira
Chapchap
Cléo de Páris
Caco Galhardo
Chacal
Dani Angelloti
Domingos Oliveira
Diniz
Dany Boy
Fabio Brum
Flávia Coelho
Fabiana Vajman
Flávia Arielo
Ferrez
Fábia/Gustavo
Flavinho Vajman
Fernanda D'umbra
Gonzales
Glauco
Joeli Pimentel
Jotabê Medeiros
Jo Capusso
Jorge Ferreira
Lourenço Mutarelli
Leonardo Del Poz
Laerte Melo
Luana Vingnon
Luciano Mazza
Lilian Paula
Laerte Késsimos
Laerte
Kimura
kitagawa
Márcio Américo
Marcelo Montenegro
Marcelo Mirisola
Macaco Louco
MaickNuclear
Marcello Amalfi
Marcelino Freire
Mário Bortolotto
Nilo Oliveira
Mario Viana
Nilsão Primitivo
Nick
Nelsinho Peres
Paulo de Tharso
Paula Klaus
Paula Cohen
Patricia Leonardelli
Patricia Lobo
Paulinho Pankada
Paulo F.
Paulo Stocker
Pedro Peregrino
Pierre
Pinduca
Rubens K.
Phedra D. Córdoba
Rodolfo García Vazquez
Régis Trovão
Sérgio Mello
Sobre nós 2 e o resto do mundo
Silvia De Almeida
Sebo do Bac
Samya
Xico Sá
You Tube

Votação
Dê uma nota para meu blog

UOL
 


http://uivoslatidosefuria.blogspot.com/

Não, eu não estou louco...

É... acho que não.

A gente não pode ter tudo.

Até tentei ficar nesta birosca.

Não que eu goste daqui.

Preguiça mesmo.

Mas nem criando outro blog eu consigo postar.

Sai fora da uol e, logo, logo, troco de e-mail

Vou parar de pagar esta bosta.

Foi mal.

(JCF)

 



Escrito por Jarbas às 19h42
[] [envie esta mensagem]




HOJE, LÁ NO RIO DE JANEIRO

CAVALOS NUNCA CHORAM NA HORA DO ADEUS

Continuo com problemas para postar. Parece que esse meu blog já era mesmo. E, tentando postar, acabei perdendo vários posts. É o tipo de coisa que quando eu ponho a mão acabo fodendo ainda mais. Bom, acho que vou ter que abrir outro blog. Talvez vá para o blogspot. Mas isso nem assim relevante. Bacana mesmo é a leitura de um texto meu que gosto muito CAVALOS NUNCA CHORAM NA HORA DO ADEUS Quem lê no Rio é a atriz Isabella Bicalho (Que também faz a direção) e o ator Rafael Sieg. Vai ser lá no QUÍNTELÍÊ, uma iniciativa do meu amigo, o também dramaturgo e roteirista, André Briesi, em parceria com Mitizi Elevin e Tete Capell. O AndrÉ me convidou para participar com dois textos. Convite aceito, enviei também o O MEU VIRA LATAS SÓ OUVE BE BOP que vai ser lido noutra data. André, meu velho, como já disse: mó honra. Boa sorte aí.

(JCF)



Escrito por Jarbas às 10h01
[] [envie esta mensagem]




A uol tá foda.

Não consigo postar!!!

Tudo dá limite de caracteres.

Já, já, paro de pagar esta merda e faço um blog noutro lugar.

 



Escrito por Jarbas às 18h18
[] [envie esta mensagem]




HOJE, PESO PENA, NO RIO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje tem o lançamento do Nosso livro de poesias, Peso Pena, no Rio. Vai ser lá no Sebo Baratos da Ribeiro.

Pierre e Luana representam a galera aqui de Sampa.

Tudo aqui, no Blog!

(JCF)



Escrito por Jarbas às 17h42
[] [envie esta mensagem]




Este blog ficou às moscas por algum tempo. Começou a dar aquelas mensagens de "espaço esgotado" coisa e tal e eu não tava com nem uma miligrama de saco pra correr atrás e saber o que estava acontecendo. A uol tem dessas coisas. Por conta disso, acabei deletando uns posts. Durante esse tempo rolou algumas mudanças na minha vida. Sai do meu segundo trampo. O primeiro é a dramaturgia, mas, (Há 46 anos esse "mas" me percegue) como a dramarurgia não paga as contas, tinha uma outra atividade. Pois é. Saltei fora. Já tava pelas tampas há tempos, e agora, tô começando um outro lance, sem chefes, horários e pessoas estranhas (e, pior, falando coisas estranhas) à minha volta. Mas isso, logicamente, tem um risco, e que não vai ser o primeiro e nem o último da minha sempre conturbada vida. É isso. Semana passada estive no Rio com a Silvia pra gente comemorar o aniversário dela. Foi do caralho. Nem poderia ser diferente: estava com a minha mulher, com bons amigos, o sol, o mar e um puta peixe com camarão no Boteco do Gomes, na Lapa. Precisa mais? Na foto aí, eu, gastando uns cliks na Confeitaria Colombo. Já é!

(JCF)



Escrito por Jarbas às 12h41
[] [envie esta mensagem]




o começo de tudo

Em meados de 2009 meu amigo Jarbas Capusso convidou a mim e ao Pierre para juntos organizarmos uma antologia de poetas contemporâneos. Topamos. Apresentamos o projeto para o editor Vanderley Mendonça que também topou. De cara pensamos em 10 poetas e 1 ilustrador para que a antologia não ficasse muito extensa e ao mesmo tempo conseguisse reunir diversos poetas que, cada um a seu modo, refletisse a “novíssima” poesia que vem sendo feita no Brasil. O critério foi simples, pensamos primeiros nas pessoas com as quais tínhamos mais afinidades e que fossem também “estreantes”, nos sentido de terem poucos ou nenhum livro de poesia publicado. A escalação passa batida pelos médios-ligeiros e desemboca direto nos pesos pesados, concentrando-se no aspecto delicado da brutalidade de cada um.

(Luana Vingnon, peso pena, o blog)


 

 





Escrito por Jarbas às 17h41
[] [envie esta mensagem]




 

 

peso pena,  o blog.

 

 



Escrito por Jarbas às 11h46
[] [envie esta mensagem]




 

Eu peguei o vidrinho de colírio no bolso da minha jaqueta e passei pra ele, que não pregava o olho há dias. Ele pingou algumas gotas em cada olho e piscou varias vezes, fazendo o excesso escorrer pela sua cara como alguém que chorasse a aparição de nossa senhora. Ele me devolveu o vidrinho de moura brasil e tentou dizer algo, mas desistiu. Ele segurou forte no meu braço esquerdo tentando manter as pernas firmes e fechou os olhos fortes, tentando buscar forças em algum bom pensamento ou simplesmente tentando lembrar de algumas notas de um velho blues. Fiquei na minha e acendi um cigarro, com certa dificuldade por causa do vento frio que fez naquela manha de outono. Ele soltou o meu braço e nem tentou sorrir algo sem graça, tímido. Não era do seu feitio. Pegou sua bolsa no chão e colocou no ombro. Tirou um velho boné puído do bolso e o enterrou na cabeça até quase cobrir os olhos. Eu ainda vacilei, mas abri a carteira e tirei toda a grana que tinha e ofereci, com receio. Ele olhou fixamente para as notas por alguns intermináveis instantes e, como aqueles caras que ganham uma grana como estatuas no centro da cidade, num gesto rápido, como quem descongela, pegou as notas da minha mão e colocou no bolso da camisa, atrás do maço de cigarros. Tentou, novamente, falar algo, só tentou. Levantou o rosto e olhou dentro dos meus olhos por alguns instantes. Quase o abracei, quase. Ele desceu as escadas de casa, abriu o pequeno-oxidado portão, dando um pequeno tranco com a palma da mão para desemperrá-lo, e seguiu pela calçada, naquela manha fria de outono. Era a terceira vez que via meu irmão mais velho em trinta anos. Ele saiu de casa quando eu tinha oito anos depois que a sua mina morreu num acidente, e não parou mais de pedir carona. Fiquei olhando sua caminhada até que ele virou a esquina e o perdi de vista. Senti que estava arrependido em não ter abraçado aquele cara. Como das ultimas duas vezes. Mas tinha que ser assim. Eu sabia. Ele sabia. Joguei a bagana acesa que ainda quicou no portão antes de cair na calçada. Entrei e fechei a porta. Uma ultima lufada de vento frio daquela manha de outono empurrou a bagana que apagou ao cair na água que corria pelo meio fio.

 

(JCF)



Escrito por Jarbas às 11h22
[] [envie esta mensagem]




ALBERTO GUZIK

foto: Laerte Késsimos

Conheci melhor o Guzik quando, em 2004, ele dirigiu um texto meu, O Céu é Cheio de Uivos, Latidos e Fúria dos Cães da Praça Roosevelt. Um monólogo, defendido muito bem pela atriz Soraya Aguillera. Naquela época tivemos uma maior convivência, mas não posso dizer que era muito próximo do Guzik. Somos de ruas, de uma rapaziada diferente. Mas sempre tive apreço e respeito pelo Cara. Sempre que surge uma conversa sobre o Cara, falo da coragem que ele teve de, depois de muitos anos numa bela carreira acadêmica escrevendo sobre teatro, pular o balcão e ir pra linha de tiro e, diria até, de peito aberto. Bem, ele está passando um mal bocado por conta de um cirurgia que fez. O Ivam Cabral, postou as ultimas notícias sobre o estado de saúde do Guzik e o Marcelo Mirisola escreveu um texto bonito a beça sobre esta fase barra do Cara: The road leads back to you.

Guzik, toda sorte do mundo pra você. Tô na tua torcida. Grande abraço.

 

Ivam Cabral: Notícias do Guzik, Aqui!

Marcelo Mirisola: The road leads back to you, Aqui!

(JCF)



Escrito por Jarbas às 14h59
[] [envie esta mensagem]




 

 

peso pena - o blog

 

 



Escrito por Jarbas às 10h56
[] [envie esta mensagem]




 

Amanhece. O homem acorda depois de uma noite de um profundo e revigorante sono. Ele já está morto, mas ainda não tem intelecto suficiente para perceber esta pequena particularidade difusa em sua rotina. Esfrega os olhos e senta na cama. Não há nenhuma luz divina, ou aromas celestiais ou musicas relaxante. Sente muita sede e vontade cagar. Levanta, calça o chinelo e vai até a porta, está trancada. Ele abaixa e espia pelo buraco da fechadura. Vê um olho que expia o seu. Levanta o tronco e pára, pensativo, diante da porta. Peida. Volta e senta na cama. Tira uma catota do nariz e dispensa embaixo do colchão. Olha fixamente para a porta, desconfiado. Levanta e vai até a porta. Abaixa e espia pelo buraco da fechadura. Vê um olho expiando o seu. Levanta o tronco e coça a cabeça, pensativo. Peida. Volta para a cama, deita e se cobre. Peida embaixo das obertas e adormece um profundo sono.

Amanhece. O homem acorda depois de uma noite de um profundo e revigorante sono. Ele já está morto, mas ainda não tem intelecto suficiente para perceber esta pequena particularidade difusa em sua rotina...

 

(JCF)



Escrito por Jarbas às 18h35
[] [envie esta mensagem]




Eram vários cães descendo a augusta.

Sonolentos.

Quando os vi eu ainda não tinha completado 18

(Faltava só mais alguns falhos batimentos)

o meu tênis estava molhado

                                                              daquela água que desce a rua.

Água seca, de amor com desconto.

Os olhos, centenas deles, apertavam-se de pavor do sol.

Eles perdiam-se pra dentro dos bueiros c’a enxurrada

                                            enquanto o sol secava o meu tênis

e o meu jeito de andar estava prestes à pisar a esterilidade de mais um dia.

 

(JCF)



Escrito por Jarbas às 16h06
[] [envie esta mensagem]




Novo filme terá Beatles como zumbis

da Efe, em Londres

A empresa Double Features, vinculada à produção de sucessos como "Pulp fiction - Tempo de Violência" e "Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento", comprou os direitos da obra do músico e escritor Alan Goldsher "Paul is undead: the British zombie invasion" (em tradução livre: "Paul é morto-vivo: a invasão dos zumbis britânicos"). O romance, que mistura humor e horror com o cenário da história da música, seria incorporado às telonas com o título "Run for your life", informou a agência local britânica PA. Nela, John Lennon seria um zumbi que mata Paul McCartney e o resto dos integrantes da banda, os quais retornam transformados em mortos-vivos. Todos se dedicam a matar e devorar o cérebro de seus admiradores, ao passo que tentam escapar dos caçadores de zumbis Mick Jagger, dos Rolling Stones, e a ninja Yoko Ono, viúva de John Lennon. Uma porta-voz da produtora, Stacey Sher, disse à PA que estão buscando patrocínio para iniciar as filmagens. "Sou fã dos Beatles como o resto do mundo", destaca Stacey. Para ela, a história de Alan, que incorpora "seu amor pela história da música e sua apreciação ao mundo zumbi é uma leitura muito entretida e divertida", declarou. "Como você não pode gostar de um livro no qual Jesus coincide com o zumbi John Lennon, em que os Beatles são, de fato, maiores que ele próprio?", diz. Quando se completam 40 anos do lançamento do último disco da banda, Let it Be, proliferam-se projetos com os quatro músicos como protagonistas. Há poucos dias se soube que Liam Gallagher, o cantor do grupo Oasis, adquiriu os direitos do livro de memórias "The longest cocktail party" de Richard DiLello para levar ao cinema a história dos últimos anos da banda. Além disso, uma produção da Disney recriará a animação de 1968 "Yellow Submarine". EFE



Escrito por Jarbas às 11h53
[] [envie esta mensagem]




18/05/2007

Separei chuvas e muitas palavras instáveis em cafés longe de casa. Perdidos. Escrevi poemas, histórias minhas que não aconteceram e outras tantas que eu gostaria que acontecessem. Coisas de grande importância, pra qualquer pessoa triste e desnorteada. Alimentei cães anorexos-vadios e abandonados com restos de cheese saladas amanhecidos e fiados. Tomei muito soro em lugares estranhos e brancos, esperando, esperando. E já dormi no meu canto sujo, entorpecido de bebidas, pulgas e caos, anos à fio, esperando a minha hora. Com isso, aprendi que a dor e a solidão, são ofertadas no berçário. Que a angustia notívaga, veio junto com o primeiro respiro. Com o primeiro livro e o primeiro murro. Que a felicidade é só um estado terminal das coisas. E não adianta perguntar "que coisas?". Se não somos capazes de saber, é inutil ler. Não adianta levar flores no tumulo do seu pai. Não adianta pagar a conta de luz. Não adianta fazer força pra chorar. Não adianta! A vida é assim, desde sempre, absurdamente boa e dura. Paradoxal, não? É assim como ganhar de natal um autorama e uma navalha. É como, mesmo com a vitória, cuspir sangue depois de um quebra pau, lavar a boca com dreher e esperar um ônibus, às cinco da manhã no ponto final.

 

(JCF)



Escrito por Jarbas às 18h18
[] [envie esta mensagem]






Escrito por Jarbas às 12h10
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]